fbpx

TELEVENDAS: SP (11) 3855-7000 ou (11) 3352-7000 | OSASCO (11) 3966-7000 | SJC (12) 3928-7000 | SANTOS (13) 3040-7000 | SOROCABA (15) 3224-7000 | CAMPINAS (19) 3267-7000 | CURITIBA (41) 3778-7000 | JOINVILLE (47) 3419-7000

A história da eletricidade e o surgimento do profissional eletricista

A eletricidade é uma presença constante em nossas vidas modernas, alimentando nossos lares, empresas e dispositivos.

Ela é tão comum que, muitas vezes, passa despercebida, mas é essencial para iluminação, aquecimento, eletrônicos, transporte e muito mais.

Para descobrir a fascinante história por trás dessa inovação e quando o profissional eletricista surgiu, convidamos você a explorar o conteúdo completo. Vamos lá?

Iluminando o passado: uma viagem pela intrigante história da eletricidade

A história da eletricidade remonta a séculos atrás, com os primeiros registros datando de 500 a.C., quando Tales de Mileto descobriu a eletricidade estática esfregando pele de carneiro em âmbar.

No entanto, foi apenas no século XVII que os estudos e teorias sobre eletricidade começaram a surgir. Em 1600, William Gilbert publicou suas teorias em seu livro “De Magnete”, seguido por Robert William Boyle, que publicou “Experimentos e notas sobre a origem mecânica ou produção de eletricidade”, em 1675.

No século XVIII, Francis Hauksbee desenvolveu experimentos que levaram à criação de lâmpadas de vidro brilhantes, precursoras da iluminação neon. Em 1870, a primeira casa do mundo com energia elétrica surgiu (chamada Cragside), na Inglaterra, graças ao cientista William George Armstrong.

Nos EUA, em 1882, uma casa em Appleton, Wisconsin, tornou-se a primeira a ser alimentada por hidroeletricidade, usando o sistema de corrente contínua (DC) de Thomas Edison.

No entanto, a “Guerra das Correntes” surgiu quando Nikola Tesla defendeu a corrente alternada (CA) como uma opção mais eficiente e versátil. Assim, a batalha culminou na Feira Mundial de Chicago, em 1893, onde a corrente alternada de Tesla venceu.

No Brasil, a eletricidade chegou em 1879, quando Dom Pedro II permitiu a implementação da iluminação pública por Thomas Edison. Então, a primeira iluminação pública externa surgiu em 1881, no Rio de Janeiro, na Estação Central da Estrada de Ferro. A partir daí o país viu um rápido desenvolvimento na geração e transmissão de energia elétrica.

Eletricista: Quando surgiu essa profissão?

O profissional eletricista desempenha um papel fundamental na sociedade, lidando com a instalação, manutenção e reparo de sistemas elétricos, tendo habilidades essenciais para garantir que a eletricidade seja entregue de forma segura e eficiente aos lares e empresas.

O surgimento do eletricista está entrelaçado com a evolução da eletricidade. Porém, pode-se dizer que a formalização profissional começou em 1797, na Escola Politécnica de Paris, França, com disciplinas de elétrica dentro da área de física.

Foi em 1885 que surgiram os primeiros cursos de graduação em Engenharia Elétrica, nos EUA. Já no Brasil, existiam escolas politécnicas na área desde o ano de 1901, porém foi em 1913 que a primeira instituição de ensino superior foi inaugurada, em Minas gerais (Instituto Eletrotécnico de Itajubá).

Precisando de materiais elétricos e iluminação? Conheça a ANDRA, sua loja de materiais elétricos e iluminação de confiança.

Temos mais de 50 mil itens em estoque e você pode comprá-los em uma de nossas lojas físicas ou, se preferir, comprar pelo nosso site.

 

Compartilhe este conteúdo!